Enter your keyword

Saiba a diferença entre dólar turismo e comercial

Saiba a diferença entre dólar turismo e comercial

Na hora de comprar dólar para fazer uma viagem ao exterior costuma vir a dúvida de por que o dólar turismo é mais caro que o comercial.

Antes de tudo, é muito interessante ter um conceito econômico definido. O câmbio em um país pode ser flutuante ou fixo. Isso quer dizer que, quando flutuante, a cotação varia de acordo com a oferta e demanda da moeda estrangeira, ou seja, o valor de uma moeda local em relação as outras é determinado pelo mercado. Já quando o câmbio é fixo, a taxa cambial de uma moeda está fixa a outra moeda. Por exemplo, o Banco Central do Brasil determina que USD 1,00 sempre será R$ 3,00. Diante dessa definição, e do conhecimento de que ambas têm relação direta com a cotação do câmbio em um país, segue explicação do porque o dólar comercial e o dólar turismo têm taxas diferentes de cotação.

A explicação para o dólar turismo ser mais caro que o comercial é simples: para se comprar e vender dólar turismo é preciso ter o dinheiro em mãos, ou seja, ele é feito com notas, o que acarreta em maiores custos para as casas de câmbio, como transporte, manutenção e seguro para caso de roubo, o que eleva o preço da moeda para compensar esses gastos. Por outro lado, as transações do dólar comercial são apenas em contratos, de forma eletrônica.

As taxas de câmbio são comercializadas livremente entre corretoras e consumidores. Entretanto, o que o Banco Central faz é divulgar a média das taxas praticadas no mercado, conhecida como taxa PTAX, como simples referência. Existe ainda o dólar paralelo, que tem sua definição no próprio nome, por ser comercializado fora da vigência do Banco Central, entre pessoas físicas. Ou seja, é uma transação considerada ilícita.

dolar

Sem Comentários

Post a Comentários

Your email address will not be published.